A rede social Facebook passou a oferecer novas opções de gênero para seus usuários. Em vez de masculino, feminino ou neutro, a página "Facebook Diversity" revela que a área de cadastro da rede agora permite outros campos de identificação.

As mudanças estão disponíveis, a princípio, somente para usuários dos Estados Unidos, que navegam em inglês. Para eles, existirão novos itens como "bigênero", "trans", "cisgênero", entre outros. Ao todo, são de 50 opções.

De acordo com a página Facebook Diversity - que divulga ações de diversidade racial e de gênero da empresa, a iniciativa é uma maneira de colaborar com a defesa dos direitos LGBT para que eles possam exibir publicamente o gênero mais apropriado.

Em contato com o Facebook Brasil, a assessoria da filial brasileira afirma que não há prazos, ainda, para a ampliação da lista de gêneros no Brasil.

 

 

Fonte: EBC Tecnologia



A partir de hoje o Facebook não é mais só para os que se consideram dentro dos gêneros "homem" ou "mulher". Quem quiser pode escolher entre uma série de outras classificações que a rede social tornou disponíveis. 


O tempo passa, a tecnologia e a internet evoluem e, infelizmente, as ameaças também. É o caso do novo malware conhecido como “Careto”, ou “The Mask”, apontado pela equipe de pesquisadores da Kaspersky como um dos mais sofisticados já vistos, e estaria envolvido em operações de ciberespionagem desde 2007.


O número de brasileiros que lê livros digitais cresce a cada dia; no final do ano passado, esse número já ultrapassava nove milhões de leitores. A chegada de grandes livrarias virtuais ao país – como Amazon, Google Play e a iBookStore – também animou o setor. Junto com elas e-readers (os leitores digitais) lançados oficialmente por aqui deram uma força extra aos e-books.


O que as crianças fazem quando não estão na escola, no período contrário às aulas? Opções não faltam: aulas de natação, balé, cursos de línguas estrangeiras... e por que não programação? Ensinar os pequenos a programar desde cedo é o objetivo do projeto Code Club, que foi apresentado na noite desta sexta-feira (31/1) na Campus Party, em São Paulo.