Em notícia publicada redigida por Daniel Quadros no blog SQSoft, é realizado um panorama do comércio de e-books, sendo abordados formatos, dispositivos de leitura de e-books, preços, lojas e links para maiores informações. Confira abaixo.

eBooks: Formatos e DRM

Existem vários formatos em uso para distribuir livros eletronicamente. Infelizmente, equipamentos e softwares não suportam nativamente todos os formatos. Mesmo quando existe suporte, o resultado pode não ser muito satisfatório. Por exemplo, o formato PDF, de uso tão comum no desktop, costuma ser problemático (particularmente por possuir o layout fixo, em muitos casos tomando como base um tamanho de página inadequado para o leitor).  botao-leia-mais

Estudo divulgado nesta semana pelo Horizon Report Brasil aponta potenciais ferramentas tecnológicas a serem usadas na educação no Brasil nos próximos 5 anos.

Laboratórios móveis, redes, inteligências colaborativas, geolocalização, aprendizado baseado em jogos, conteúdo aberto. Achou essa lista futurista demais para ser usado em escala nas escolas do Brasil, públicas e privadas? Talvez ela não seja tão inalcançável assim. O sistema Firjan reuniu um grupo de 30 especialistas para analisar o estado do uso da tecnologia em práticas no país e fez prognósticos sobre quais ferramentas já estarão sendo usadas em escala em um horizonte de até cinco anos. botao-leia-mais

A publicação “Software Público Brasileiro: Perspectiva Sistêmica” foi lançada pelo Ministério do Planejamento (MP) na tarde da última quarta-feira (5), durante a abertura do V Congresso Internacional de Software Livre e Governo Eletrônico (Consegi 2012). Um dos objetivos do livro é apontar os resultados desta política pública praticada há cinco anos pelo governo federal.

O secretário de logística e tecnologia da informação, Delfino Natal de Souza, explica que a publicação foi criada e editada pelo Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI) e faz um relato da criação do modelo Software Público Brasileiro (SPB). “O livreto explica o porquê do SPB poder ser visto como um ecossistema digital e também nos ajuda a entender o fenômeno desta política feita em prol da modernização da gestão pública”, disse.   botao-leia-mais

O Laboratório de Tecnologia da Informação Documentária (LTI), a partir do Programa de Extensão “Laboratório de Tecnologia da Informação Documentária como Instrumento para Letramento Informacional e Inclusão Digital”, oferece o curso “Introdução ao Desenvolvimento de Competências Informacionais: Recuperação e Avaliação da Informação e Identificação de Fontes”.

botao-leia-mais

O Laboratório de Tecnologia da Informação Documentária (LTI), a partir do Programa de Extensão “Laboratório de Tecnologia da Informação Documentária como Instrumento para Letramento Informacional e Inclusão Digital”, oferece a oficina Uso do Gestor de Referências Bibligráficas Zotero como ferramenta para auxílio em pesquisa". 
 botao-leia-mais