O Google está expandindo um programa de apoio às pesquisas universitárias na América Latina. A empresa irá investir US$ 1 milhão nos próximos três anos na distribuição de bolsas de pesquisa de mestrado e doutorado na região como parte do programa Google Research Awards Latin America.

O programa foi lançado experimentalmente em 2013, restrito ao Brasil com uma parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e já apoiou cinco pesquisadores. Agora a empresa quer expandi-lo para cientistas da Argentina, Chile, Colômbia e México.

 

 

Os doutorandos escolhidos para receber a bolsa de pesquisa do Google receberão US$ 1,2 mil mensais, enquanto os mestrandos receberão US$ 750 ao mês. Os professores dos selecionados também serão beneficiados, recebendo US$ 750 por mês no caso do doutorado, e US$ 675 no mestrado.

As bolsas serão oferecidas a quem estiver desenvolvendo pesquisas que sejam de interesse do Google e da comunidade científica, segundo a empresa. O comunicado da companhia diz que os campos de pesquisa contemplados nesta edição do programa são:

Geo/mapas
Interação entre humanos e computadores
Recuperação, extração e organização de informações (incluindo gráficos de semântica)
Internet das Coisas (incluindo cidades inteligentes)
Aprendizado de máquinas (machine learning) e mineração de dados (data mining)
Dispositivos móveis
Processamento natural de línguas
Interfaces físicas e experiências imersivas
Privacidade

O prazo para inscrições se encerra no dia 6 de julho de 2015. Os interessados podem seguir as instruções neste link (em inglês).

Fonte: Olhar Digital